31 de jul de 2011

NOTÍCIAS GERAIS

DEPOIMENTO PESSOAL

Olá meu caro Daniel. Sou filho de Poço Branco e minha família mora no distrito da Lagoa do Serrote. Há 14 anos moro em Parnamirim, mas procuro sempre ficar ligado nos acontecimentos que ocorrem em nossa querida cidade. Quando fiquei sabendo da existência do seu blog fiquei muito feliz e logo fui procurar na internet. Hoje, não tem um dia sequer que eu não esteja visitando o blog. Pra mim isso virou uma rotina porque acho que a nossa cidade já precisava ser divulgada e conhecida. O trabalho que vocês estão fazendo é muito importante. Continue fazendo com que esse espaço seja sempre uma porta para estarmos antenados com o que acontece em nossa cidade, coisa que nunca existiu em Poço Branco. Parabéns a todos.

Grande abraço,

Ângelo Márcio – de Parnamirim/RN

DE PÉ NO CHÃO

No inicio dos anos 60, a capital do Estado viveu uma experiência pioneira, de eficácia quase total e de reconhecimento internacional. Tratava-se de uma cruzada contra o analfabetismo em que as escolas saiam em busca de crianças e adultos considerados analfabetos (num processo inverso à realidade atual). Em cada canto de praia, em cada favela e nos poucos bairros a disputa nas ruas da capital não era entre gangues de traficantes, originados em redes sociais ou de torcidas organizadas - como ocorre hoje em dia. A meta era diminuir os altíssimos índices de analfabetos - coisa que, atualmente, tenta-se fazer de maneiras não tão eficazes.


Essa era a Natal governada pelo prefeito Djalma Maranhão (foto acima), idealizador do projeto “De pé no chão, também se aprende a ler”, tido como um político honesto e progressista – bem diferente da grande maioria de hoje. No início dos anos 50, Djalma Maranhão foi nomeado prefeito de Natal e, em 1960, aos 45 anos, foi eleito o primeiro prefeito da capital através do voto direto. Infelizmente ele não teve tempo suficiente para governar a capital e realizar todos os projetos que trazia consigo.

Hoje, o nome de Djalma Maranhão pode ser considerado como sinônimo de Educação quando se trata de iniciativas municipalistas educaionais próprias, mas, na época, ele foi taxado de comunista, perseguido pelo governo federal e excluído do seu convívio social. Aquela era uma época que possuía suas dificuldades particilares (miséria, fome, grandes distâncias, falta de comunicação, perseguição política, etc.), mas as equipes de professores (formada em centros profissionais), mesmo dispondo de recursos mínimos, conseguiram alfabetizar mais de 25 mil natalenses através de um processo de inclusão social elementar e que deu resultados.

Além de aprender a ler e a escrever, as crianças dividiam momentos de lazer e se alimentavam de frutos da terra, de legumes e verduras plantadas em hortas administradas por eles próprios. Além das crianças, adolescentes e adultos também tinham a oportunidade de estudar em locais fechados ou palhoças em horários diferenciados. Djalma Maranhão foi um vanguardista no que hoje foi batizado de Ensino de Jovens e Adultos (EJA), numa época em que nem era preciso “pagar” para os alunos frequentarem os bancos das escolas.

O projeto venceu desafios que ainda hoje são comuns à escola brasileira. Onde não havia escolas de alvenaria, o projeto construiu acampamentos escolares; como não havia professores diplomados, qualificou com os seus próprios recursos humanos; sem material didático, redigiu seus próprios textos educacionais. A sala de aula jamais foi largada à própria sorte, pois os acompanhamentos técnico-pedagógicos tinham um supervisor para cada vinte professores e não existiam movimentos paradistas.

Em 1964, com o golpe militar, Djalma Maranhão foi preso e levado a um Quartel General por ter sido contrário aos ideais militares da época. Lá, ele recebeu a proposta de liberdade em troca da renúncia ao cargo de prefeito, mas não aceitou e foi encaminhado à prisão. Antes, ele passou pelas celas de Fernando de Noronha e Recife - até pedir exílio político em Montevidéu-Uruguai, onde faleceu em 1971.

30 de jul de 2011

ÚLTIMAS DO BLOG

OPINIÃO DE BODINHO

Meu amigo Daniel, sangue bom. Eu perdi o maior evento da minha cidade, ou melhor, da região do Mato Grande. Mas estou muito feliz com todos os acontecimentos bons que aconteceram em Poço Branco. Agradeço também por esta revista eletrônica que nos deixa informado diariamente.

Quero dizer que, se eu fosse ex-prefeito de Poço Branco, virava avestruz e enfiava a cabeça num buraco e não olhava para essa nação nunca mais de tanta vergonha... Poço Branco faz aniversário e quem ganha o presente é a população porque faz muitos anos que eu não vejo falar de inauguração em Poço Branco. Falo de inauguração de verdade que não seja apenas uma maquiagem ou pintura de um prédio público.

Meu sobrinho, Guilherme, de oito anos, chegou pra mim e perguntou: tio Bodinho, o que é inauguração aqui? E eu falei pra ele: também não sei... A última inauguração eu tinha a sua idade.

Graças a Deus o prefeito Maurício Menezes inaugurou o nosso hospital, um sonho que eu pensava que não ia acontecer nunca. Esse mega/hiper/super show mostra que, hoje, nossa prefeitura tem condições de promover a alegria de sua população e de fazer outras coisas boas.

Quero dar parabéns também a esse coordenador, Marquinho Menezes, que mesmo com pouca idade tem uma mente de gigante. Anuncia aí macho, para o próximo ano, a Banda Garota Safada. Ela é, no momento, a única com o nível dos Aviões do Forró e também prepara mais uma grande inauguração para Poço Branco que essa terra merece.

No momento vejo que tem duas lideranças políticas fortes em Poço Branco e espero que nenhuma das duas chapas venha com um ex-prefeito como vice. Deixa essa turma formar uma terceira chapa e o povo vai mostrar que eles não ganham nem pra líder comunitário.

Esta é a minha opinião.

Alexandre Bodinho – de Fortaleza/CE

ESCLARECIMENTOS

Caros internautas,

Sou professora licenciada em Pedagogia pela UFRN e especialista em Didática do Ensino com ênfase em Língua Portuguesa e Literatura pela Universidade Potiguar (UNP). Estou na função de docente, ou correlatas, como efetiva há 13 anos no município de João Câmara e há 8 anos no município de Poço Branco, exercendo a função na rede municipal de ensino de ambas as cidades. Além disso, ministrei aulas a turmas de ensino fundamental e médio da rede estadual de ensino de João Câmara por um período de 5 anos.

Em 2002, fui coordenadora dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN's) em João Câmara. Entre 2005 e 2007, estava coordenadora pedagógica da Escola Municipal Alzira Matias deste município. Em 2008-2009, estava coordenadora administrativa da Biblioteca Municipal de João Câmara.

No mesmo ano em que fui coordenadora dos PCN's, fui convocada por concurso público para ser efetivada como professora no município de Poço Branco. Por volta de 1 ano e meio  lecionei no ensino infantil e legalizei minha situação logo após ser remanejada para o ensino fundamental, modalidade na qual prestei o certame. Em 2006, fui convidada pela secretária de educação de Poço Branco, Dinalva Maria Souza de Menezes (Dorinha), para exercer a função de coordenadora pedagógica na Escola Municipal Ministro Aluízio Alves e na Escola Municipal Vereador Raimundo Rosa Santiago, na qual eu sou lotada como professora efetiva.

Nestas duas escolas, atuei como professora e coordenadora pedagógica entre os períodos de 2006 e 2008. Em 2009, voltei a ministrar aula na Escola Municipal Vereador Raimundo Rosa Santiago por um curto período até ser convidada, novamente, pela secretária atual Dinalva Maria Souza de Menezes (Dorinha) para fazer parte da equipe da secretaria de educação onde, atualmente, exerço a função de coordenadora pedagógica fazendo atendimento aos professores como articuladora das ações educacionais do campo no turno matutino e no turno vespertino coordeno a Escola Municipal Ministro Aluízio Alves.

Quero ressaltar que, como faço um trabalho secretaria-escola, em alguns momentos, faço intervenções pedagógica e administrativas dentro dos princípios educacionais e na legalidade da lei. Portanto, sempre fiz o meu trabalho com muita seriedade e respeito dentro da ética profissional.

Ednalva Maria Câmara - professora

NOTAS DO BLOG

1. O direito de resposta acima foi concedido a Sra. Ednalva Maria Câmara em função de um comentário feito, neste espaço, por um(a) leitor(a) não identificado. Em sua explanação, o(a) leitor(a) citou fatos envolvendo o nome da citada, o que a levou a enviar o texto acima de forma reprovativa ao que fora descrito em relação a seu comportamento profissional.

2. Esclarecemos que a ocasião não comporta uma retratação ou retificação pública, pois o texto do comentário não foi de autoria do editor ou de algum dos colaboradores deste Blog. O que faremos, assim como é prática em qualquer veiculo de informação, é formular nosso pedido de desculpas públicas a Sra. Ednalva por termos, de forma displicente e despretensiosa, aprovado e postado um “comentário anônimo” nominando a sua pessoa e fatos a ela relacionados. Não cabe, pois, a este espaço, julgar a veracidade dos fatos citados, pois essa é uma questão unicamente de opinião.

3. O Blog de Poço Branco é, hoje, uma instituição solidificada no seio da sociedade do município de Poço Branco e, em breve, atingirá a marca de 100 mil acessos – um patamar para poucos. O espaço do Blog sempre esteve aberto a divulgação de assuntos e fatos relacionados ao município e toda e qualquer informação, divulgação, agradecimento ou denúncia sempre puderam ser enviadas ao e-mail do Blog. Sua postagem sempre foi gratuita, mas os remetentes precisam ser, sempre que possível, devidamente identificados. Quando não, os textos não são colocados no Blog.

4. Apesar de saber que entre as bandeiras da comunicação universal e da Constituição Federal estão a preservação das fontes, o direito de expressão, o anonimato e ainda a execução do contraditório, a política jornalística do Blog de Poço Branco sempre procurou preservar as pessoas e as instituições – transferindo o papel fiscalizador e punidor, como de direito, para o Poder Judiciário. Tanto que são muitas as denúncias, revelações e acusações recebidas por e-mail (a maioria relativa a pessoas públicas locais) e que nunca foram publicadas por não haver fontes, dados e/ou provas confiáveis e não condizer com os ideais do Blog.

5. O maior de todos os objetivos do Blog de Poço Branco é divulgar, de forma positiva, a cidade que lhe dar nome, com destaque para as pessoas, as instituições, os costumes e todas as demais manifestações civis, religiosas e militares do município. Não há interesse em denegrir (ou mesmo supervalorizar) quem quer que seja, mesmo que suas atitudes sejam desabonadoras e estejam em desalinho com as tradições que elevam a ética, a moral, o respeito e o saber como marcas maiores de um povo.

Daniel Targino – editor do Blog

OPINIÃO DE POLIANA

Conflitante pra mim a questão de presenciar algumas atitudes do povo e da nossa sociedade política atual. Antes de tudo eu quero deixar expresso dois sentimentos meus em relação à situação de pobreza que muitas pessoas passam na nossa cidade. O primeiro é a tristeza; o que eu sinto quando imagino uma mãe olhar pra um filho e dizer que não tem nada pra comer no jantar. Eu, e qualquer pessoa normal que tenha coração, sente algo cortante ao pensar nisso. O segundo sentimento é o de indignação comigo mesma, porque ainda não fiz nada pra tentar mudar, ao menos um pouco, essa situação.

Temos que prestar mais atenção nas coisas e honrar o poder e a responsabilidade que nós temos diante das situações que ocorrem debaixo do nosso nariz. Vivemos em um país democrático, regido por leis, onde o povo pode e deve ter consciência disso e lutar por aquilo que acha que é certo. O certo, pra mim, é uma vida que ao menos seja digna pra uma população que sofre e que trabalha pra sobreviver. Só que o certo, pra muitas pessoas, é simplesmente pensar naquilo que é bom pra elas naquele momento.

Esse é o tipo de quem vende o voto, por exemplo. É o tipo de quem está onde ganha alguma coisa naquele momento. E mais ainda, é o tipo de quem acredita nas promessas e fica mendigando-as depois. Essa é a realidade! Próximo ano a sujeira da campanha política brasileira começa de novo; e quer saber de uma coisa? Depois que passar, se continuarmos assim, as coisas vão ficar do mesmo jeito que estão hoje ou até piores. E, só esclarecendo, eu estou falando de um âmbito nacional. Por favor, não interpretem mal.

Olha, eu nem queria entrar nesse tema de novo; aliás, eu nunca mais escrevi nada aqui porque acabo me tornando repetitiva e tenho medo de que as coisas que escrevo sejam vistas de uma forma negativa pra algumas pessoas. Isso aqui é o desabafo de uma garota de 20 anos que não agüenta mais ver as pessoas serem usadas como objetos dos que possuem um pouco mais ou muito mais dinheiro que a grande maioria. A realidade brasileira é algo que muitas pessoas não querem enxergar, assim como a obrigação das pessoas em quem colocamos nossa confiança. É algo que todo mundo vê, mas não quer aceitar ou sei lá o quê.

Enfim, minha reclamação dessa vez é principalmente sobre a festa que aconteceu na cidade. Tudo bem que todo mundo vai me odiar por isso, mas é a realidade. A festa foi de graça e com uma das, ou se não, a maior banda de forró do país. Não sei, nem quero saber, quem pagou tudo por lá, mas se foi dinheiro público eu realmente não concordo. Perdoe-me senhor prefeito, com todo respeito, isso é apelação pra voto! Tem muita gente passando fome e sem ter o que vestir na nossa cidade.

Lembrando que eu não quero dizer que não foi feito nada no seu mandato, de forma alguma. Parabenizo, até, pelo hospital que foi concluído depois de mais de 14 anos; é, realmente, um mérito seu, visto que os outros prefeitos não tiveram competência suficiente e caráter pra isso. Mas, de qualquer forma, como cidadã, não só poço-branquense, mas brasileira que sou, não poderia deixar de demonstrar minha indignação. Eu vejo dessa forma. Se me vêem como errada ou radical demais, perdoem-me; mas, honestamente, meus princípios não me deixam pensar de outra forma.

Poliana Dantas – estudante

27 de jul de 2011

AVISO

AOS LEITORES

Informamos que, devido a questões de ordem médica familiar, as postagens deste blog estão sendo realizadas de forma mais lenta que o habitual - motivo pelo qual o blog pede desculpas a seus leitores. Para ver o álbum fotográfico da Festa com a Banda Aviões do Forró clique na guia AVIÕES 2 (acima) ou clique aqui. Se o leitor desejar obter alguma das fotos (em melhor resolução) pode solicitar através do email drtargino@gmail.com.

Equipe do Blog de Poço Branco.

26 de jul de 2011

ANIVERSÁRIO DE POÇO BRANCO

INAUGURAÇÕES

A terça-feira (26), data oficial da Emancipação Política de Poço Branco, foi de muitos eventos para coroar o encerramento do aniversário da cidade.

Missa em Ação de Graças com a presença do Dep. Betinho Rosado e do Dr. Marcelo
Hasteamento das bandeiras com a Banda de Mússica Adauto Lopes
A tradicional alvorada iniciou o dia cívico, seguida pela missa em ação de graças, na Igreja do Coração de Jesus, hasteamento das bandeiras nacional, estadual e municipal e a entrega de quatro novos serviços públicos a população. A comitiva formada pelo prefeito da cidade, vice-prefeita, vereadores (Percivaldo Jr, Kléber Fidélis, Junior Miranda, Maurício Dantas e Maria do Socorro), ex-prefeitos (Déco e Zé Carneiro), secretários municipais, Padre Assis, deputados (Betinho Rosado e Poty Junior), funcionários públicos e demais cidadãos poço-branquenses seguiram para iniciar as entregas.

Entrega da Biblioteca
Primeiro, a secretária Dorinha Menezes fez a entrega da Biblioteca Municipal que leva o nome do poço-branquense, Antônio Guedes de Miranda, e fruto da luta de educadores e estudantes locais. Segundo a secretária, a homenagem a Antônio Miranda é mais do que justa, pois premia toda uma trajetória de vida e envolvimento com a educação e a cultura do município. Janaína Miranda, em nome da família do homenageado, agradeceu a honraria recebida por seu pai e destacou o amor que ele sempre teve por sua terra e seu povo.



Prosseguindo com a programação do evento, o prefeito fez a entrega da reforma do Posto de Saúde e do Espaço ProJovem, ocasião em que a vice-prefeita do município, Nilse Cavalcante, cortou a fita inaugural. Ainda na ocasião, a secretária de Ação Social do município, Zênia Rodrigues, destacou a importância de se ter apoio do executivo para desenvolver ações práticas na área social e destacou sua emoção em entregar aquele espaço à comunidade jovem de Poço Branco.

Entrega do Hospital Municipal
Por último, aconteceu a inauguração do Hospital Municipal Manoel Targino Sobrinho (Manoel Caju). Por se tratar da mais importante obra do município nos últimos anos e a mais esperada, a entrega do hospital foi bastante concorrida. Iniciando as falas, o poço-branquense Daniel Targino, filho do homenageado, falou em nome da família Targino e agradeceu ao prefeito da cidade e a todos que, direta e indiretamente, contribuíram para a concretização daquele verdadeiro “sonho”. Daniel argumentou que o desafio agora é fazer o hospital cumprir a sua principal missão: dar o pronto auxílio a quem precisa e quando mais se precisa, como fez seu pai durante quase 30 anos.

O ABRAÇO DO BLOG


Hoje, o abraço do Blog vai para a poço-branquense Renally Araújo, a mais nova Fisioterapeuta do Estado. A nossa conterrânea, leitora do Blog e pessoa de estimado valor deixamos nossos votos de muita saúde, paz e sucesso.

25 de jul de 2011

ANIVERSÁRIO DE POÇO BRANCO

PROGRAMAÇÃO CÍVICA

Ações sociais destinadas à comunidade
O domingo (24) foi marcado pela programação cívica, entrega de premiações e show de calouros referentes às comemorações do 48º Aniversário de Poço Branco. O tradicional desfile cívico das principais instituições do município (escolas, transportes, Guarda Municipal, secretarias, etc.) teve o acompanhamento da Banda Marcial de Música da Aeronáutica Brasileira, Banda Municipal Adauto Lopes e ainda a participação da Escola Objetivo de João Câmara.

Banda da Aeronáutica / Desfile / Homenagem a Antônio Miranda / Equipe da Educação
Secretária Dorinha Menezes / Vereador Percivaldo Jr / Prefeito Maurício Menezes / Bonita e Marineide
A entrega dos prêmios das competições desportivas e o show de calouros aconteceram no Palco Central (foto abaixo), montado nas imediações do Ginásio Caxiadão, da Igreja do Coração de Jesus e da Praça do Coração de Jesus. A cobertura das atividades desportivas pode ser encontrada no Blog do Esporte de Poço Branco.

Visão geral do Palco Central e camarotes
Hoje (25), acontecerá o torneio de xadrez, nas dependências da Câmara Municipal, e, na terça-feira (26), data oficial da Emancipação Política de Poço Branco, acontecerá a tradicional alvorada com queima de fogos, missa em ação de graças e o hasteamento das bandeiras nacional, estadual e municipal. Dando prosseguimento, a Prefeitura Municipal fará a entrega oficial da Biblioteca Municipal Antônio Guedes de Miranda, a reforma do Posto de Saúde, a entrega do espaço do ProJovem e a inauguração do Hospital Municipal Manoel Targino Sobrinho (Manoel Caju).

Hospital será inaugurado após quase 15 anos de espera
FEIRA DE POÇO BRANCO


Apesar da concorrência dos supermercados, padarias e comércios em geral, a feira livre de Poço Branco ainda é uma boa opção para a população. Os preços convidativos são o principal argumento para a procura, embora a qualidade dos produtos comercializados nas bancas - especialmente os perecíveis, continuem a ter qualidade e procedência duvidosas. Mesmo assim, o movimento da feira de Poço Branco, neste domingo (24), era bom por volta das 11h da manhã.

Segundo o poço-branquense Rivaldo Fernandes (61), o fim da feira sempre traz a chance de comprar alguns produtos mais baratos – mas a pechincha não acontece sempre. “Tem domingo que a feira se acaba logo, mas a feira de hoje tinha muita gente e os vendedores demoraram a baixar os preços. Acho que é por causa da festa dessa semana que trouxe mais pessoas pra feira”, declara o Sr. Rivaldo.

22 de jul de 2011

ANIVERSÁRIO DE POÇO BRANCO

48 ANOS DE HISTÓRIA

Está chegando a hora do maior evento já realizado no munícipio de Poço Branco. O show da banda “Aviões do Forró”, atualmente o maior fenômeno musical brasileiro, deve atrair um público jamais presente a um evento em toda história de Poço Branco. Antes, porém, estão programadas várias atividades cívicas, religiosas, inaugurações e competições individuais e coletivas que começaram desde o dia 16/07. As primeiras expectativas quanto ao comparecimento a festa são otimistas, mesmo que ela seja realizada numa terça-feira e antes de boa parte da população assalariada ter acesso aos rendimentos mensais. Em outros tempos, esta data não seria uma boa escolha, uma vez que os meios de transporte, os acessos e até o calendário de pagamento dos servidores municipais não favorecia. O evento restringia a participação da comunidade e tinha uma abrangência praticamente local.

A popularização do acesso a automóveis, a existência de melhores vias e o investimento da Prefeitura Municipal, aliados a outros fatores de menor proporção, farão com que caravanas de diversos municípios do Estado compareçam a Poço Branco na noite da próxima terça-feira (26). Mas a partir de ontem (22), a movimentação na cidade já estava intensa. Entre muitas opiniões, não há uma consensual, mas os organizadores do evento esperam a presença de um público em torno de 20 mil pessoas. Com isso, o evento da Emancipação Política de Poço Branco deverá se tornar tão tradicional quanto o Carnaval, o São João e a Festa do Padroeiro.

Para se ter uma idéia, o e-mail do Blog de Poço Branco recebeu a comunicação de que quatro “Fã-Clubes da Banda Aviões do Forró” estarão em Poço Branco. Os seguidores de “Xande, Solange, Riquelme & Cia” devem vir de Apodi, Santa Cruz, Mossoró e Lages – além de várias outras cidades, especialmente da região do Mato Grande. Os representantes dos fã-clubes dos Aviões solicitaram informações acerca dos meios de hospedagem, pontos turísticos e espaços de lazer disponíveis para os períodos “pré e pós festa” - em que estarão em solo poço-branquense. Segundo informações recebidas pelo Blog a organização do evento também elaborou um esquema de segurança, limpeza, socorro médico e ambulatorial, além de outros apoios logísticos para dar suporte ao evento.

A realização da Prefeitura Municipal de Poço Branco tem como objetivos, dentre outros, aproximar o evento social do cívico, visto que, há alguns anos, parte da população vinha dando mais importância às comemorações noturnas do que aos eventos diurnos – sem contar que era preciso pagar para assistir a um show artístico. A data da Festa de Emancipação Política de Poço Branco tinha se tornado um evento privado e um atrativo exclusivo de poucos – separando os que “podiam” dos que “não podiam”. A idéia central foi a de resgatar a tradição das festas “do povo para o povo”.

Mas a festa não possui apenas esta amplitude: ela também acabou mudando o aspecto pacato dos dias normais no município. A injeção de ânimo atinge praticamente todas as camadas sociais e setores do município, com maior ênfase para a economia e a movimentação dos jovens. Os setores de serviços e o comércio já começaram a sentir a diferença com um incremento nos seus lucros. A sensação do investimento com retorno, a satisfação de vender ou prestar um serviço e receber por ele é muito gratificante. Isso também garante a distribuição e a circulação de renda no município. Apesar de nem todas as pessoas pensarem desta forma, o acontecimento é, de maneira geral, benéfico à população poço-branquense. Agora, é esperar e torcer para que tudo corra dentro da normalidade. Tranquilidade, alegria e muita diversão é o que interessa e sempre com moderação... Uma ótima festa a todos e que ela entre pra história de cada um de nós.

Do Blog de Poço Branco a seus leitores.

Comece fazendo o que é necessário; depois, o que é possível e, de repente, você estará fazendo o impossível”. (São Francisco de Assis).

QUEM NÃO PERDERÁ ESSA FESTA

Ary Rocha, Edson Correia, Tião Paulada e Márcio Lopes
O empresário Burdisso, o vereador Edinho, Djalma do Contador e Rodrigo Lucas

18 de jul de 2011

ÚLTIMAS DO BLOG

BARRAGEM


A expectativa pela sangria da barragem está cada vez maior. Com a continuação do inverno, as chances das águas do Rio Ceará Mirim banharem o sangrador da Barragem de Poço Branco só crescem. Com esta possibilidade, os frequentadores e comerciantes da barragem estão comemorando.


TORNEIO


Com uma estimativa superior a dois mil expectadores, o Torneio de Futebol do 48º Aniversário de Poço Branco foi um evento de muita festa para o futebol de Poço Branco. A equipe do América (Baixos de São Miguel) venceu a etapa do sábado (16) e o Alecrim FC foi o campeão do domingo (17). As duas equipes se enfrentarão no próximo sábado (23), às 15h, no campo do Conjunto Novos Tempos, para conhecer o campeão de 2011 do torneio que já virou tradição no município. Em 2010, o campeão foi o Vasco da Lagoa do Juazeiro.

Fotos e informações do Blog do Esporte de Poço Branco.

MOMENTOS

Confira algumas fotos de Poço Branco.

Assembléia de Deus de Poço Branco
Equipe de trabalho da Creche Maria Mateus
Praça do Contador (Foto: Blog de Cravolândia)
Equipe Jaraguá - Poço Branco
O ABRAÇO DO BLOG


Hoje, o abraço do Blog vai para a poço-branquense Edjane Oliveira. A mãe, vovó, leitora do Blog e cidadã do mundo deixamos nossos votos de muita saúde, paz e sucesso.

17 de jul de 2011

48º ANIVERSÁRIO DE POÇO BRANCO

PROGRAMAÇÃO

Clique para ampliar

15 de jul de 2011

NOTA DE PESAR

DA PROFESSORA SEBASTIANA ROCHA


O município de João Câmara e região acordaram com a triste notícia do falecimento da educadora Francisca Alves Rodrigues (Fanquinha), ex-diretora da Dired, militante política e defensora das causas do Mato Grande. Fanquinha esteve ao lado dos professores em muitas lutas, num passado distante e recente, sempre trazendo sua garra, determinação e conhecimento a serviço da justiça social.

Não é só o município de João Câmara que perdeu uma filha ilustre, mas toda uma categoria profissional e toda uma região... A morte virá certamente para todos. Para os bons, para os maus, para os ricos, para os pobres e não há como dela fugir. Mas a luta de Fanquinha, pelo seu próximo e pela sua própria vida, deve ser lembrada como uma referência na constante luta contra as injustiças.

Vai, minha amiga, para os braços do Pai Celestial. Ele te acolherá por merecimento.

Sebastiana Rocha - professora aposentada

ÚLTIMAS DO BLOG

FELIZ ANIVERSÁRIO


O Blog de Poço Branco tem a satisfação de parabenizar os familiares do Sr. Orlando Pereira, apagando velinhas nesta sexta-feira (15). E não são poucas velinhas, não. Seu Orlando, há mais de 60 anos residindo em Poço Branco, estará completando 90 anos de vida. Familiares e amigos do aniversariante estarão reunidos no próximo domingo (17) para uma grande confraternização em sua residência.

VISITA TÉCNICA

Às 5h da manhã, deste sábado (16), uma comitiva de poço-branquenses sairá com destino a Barragem Santa Cruz, localizada na cidade de Apodi/RN. Os caravaneiros irão conhecer um projeto de criação, em cativeiro, do peixe Tilápia. A comitiva contará com a presença de Laeson Rosendo (presidente Colônia de Pescadores de Poço Branco), Percivaldo Junior (presidente da Câmara de Vereadores), João Barreto (presidente do Sindicato Rural), José Ramon (Emater), Robson Vicente (ArtBranco), além de outros representantes da comunidade. A idéia é trazer o modelo utilizado em Apodi para implantar no leito da Barragem de Poço Branco.

A BARRAGEM


O  engenheiro José Eduardo, do DNOCS, informou ao presidente da câmara, Percivaldo Junior, que as comportas da Barragem de Poço Branco estão danificadas e que a previsão para o conserto é o início do ano que vem. Diante da situação, as comportas não poderão ser abertas ou fechadas – o que pode significar o esvaziamento do reservatório caso não seja mantido um período chuvoso considerado.

O engenheiro informou também que serão instaladas luminárias nos postes da Barragem e deverá ser realizada a restauração e a limpeza da Casinha. Os itens descritos deverão constam no plano orçamentário do DNOCS para esse ano, ficando tudo a depender apenas da liberação dos recursos.

O representante do DNOCS informou ainda que o IDEMA-RN notificou aquele órgão federal devido a instalação irregular das barracas existentes na orla da Barragem. Segundo a ação, os comerciantes devem instalar suas barracas a uma distância mínima de 100 metros da margem da Barragem.

VISITA

Jackson. Aurélio, Cícero, José, Oliveira e Canindé Lopes
Quem esteve em Poço Branco, no período junino, foi o poço-branquense Cícero Dantas. Após mais de 10 anos sem vir à terrinha, Cícero aproveitou para rever amigos e familiares, além de visitar locais que marcaram a sua infância. Cícero disse ao Blog que em Macapá-AP, a colônia de poço-branquenses está sempre acessando o Blog de Poço Branco para matar a saudade da terra natal.

FESTA

 

Vendas Antecipadas ao preço de R$ 5,00. Locais de venda: Joãozinho Cabeleireiro, Valdir Fotos & Vídeos e Salão Pop.

NEGÓCIO

O mais novo empreendimento da cidade de Poço Branco é a Panificadora e Conveniência Dantas, localizada na Rua José Roque, no Conjunto Novos Tempos. Com grande variedade de massas e outros produtos da terra, a panificadora também recebe encomendas de bolos, tortas, doces e salgados para eventos.