7 de jun de 2013

VIOLÊNCIA NO MATO GRANDE

JOVEM É ENCONTRADO MORTO

Chegou ao fim, na manhã desta sexta-feira (07), o desaparecimento do jovem camarense, Petronyo Ulisses da Costa (27), graduado em Arquitetura e filho do casal Galego de Berré e Telma Lúcia, família tradicional do município de João Câmara. A via-crúcis da família, e de toda uma região, iniciou-se desde o sumiço do jovem, visto pela última vez na noite da terça-feira (04), num tradicional bar de João Câmara (O Espetinho do Dedé).

Pelas redes sociais e pelos tradicionais meios de comunicação, os familiares e amigos não mediram esforços para obter informações do jovem desaparecido. A quarta e a quinta-feira foram desesperadoras para a família que, horas após o desaparecimento, ficou sabendo da prisão de dois suspeitos em Natal, no bairro de Mãe Luiza.

Com eles, foi encontrado o carro da vítima (Sandero), além de indícios da participação no crime que chocou toda região. Porém, e apesar das evidências, o juiz de plantão liberou os acusados por não terem confirmado a autoria do crime e pela ausência do corpo vitimado. Outros três suspeitos, levados de João Câmara a Natal para depoimento, também foram liberados depois de ouvidos pela polícia.

Foto: Portal BO
Jogado num córrego (afluente do Rio Ceará Mirim), entre os distritos da Pousa e do Cravo, no município de Poço Branco, o jovem Petronyo foi encontrado por volta das 10h da manhã, possivelmente, por dois populares que costumam passar pelo local e tiveram a curiosidade de observar debaixo da pequena ponte. Ainda não existem explicações oficiais que possam ter motivado este crime bárbaro. No entanto, uma pergunta é inevitável: por que um jovem pacato, sem inimigos aparentes, sem qualquer vício em drogas, com uma profissão, um lar e uma família estáveis e com muitos amigos na cidade poderia ser assassinado tão barbaramente?

OPINIÃO – UM PARA DOIS

O município de João Câmara decretou luto oficial de três dias, a partir desta sexta–feira (07), em solidariedade aos familiares e amigos de seu conterrâneo. A família do arquiteto está em choque, desolada, inconformada e sem ter a menor ideia de como recomeçar a vida – o que é natural nesse tipo de situação. Naquela família, hoje, não há como descrever tanto sofrimento... Somente o tempo e a intervenção divina irão amenizar esta perda.

Por outro lado, como tem sido muito comum ultimamente, é muito fácil descrever o que não falta para bandido: o amparo da lei. E não tem nada a ver com quem é ou deixou de ser governador(a) do Estado. Faz algum tempo que “a polícia prende, a justiça solta; a justiça manda prender, a polícia não consegue mais”. E faz um tempão que está assim, mas só vemos esta realidade diante de um fato trágico como esse.

E os suspeitos desse crime, onde estão? Estão livres, quem sabe até dando gargalhadas da situação... Estão escondidos em algum lugar, fugindo ou escapando para a casa de “camaradas”... Afinal, para eles, não faltam advogados; não faltam brechas na caduca lei brasileira e se algum deles for menor de idade pode “casar e batizar”... A única coisa que falta para bandido é cadeia – e outras coisas que não cabem dizer. Aqui no RN, bandido rouba, assalta, intimida, mata, casa e batiza porque acredita na impunidade. Eles também já perceberam que o sistema prisional está assim: para prender UM, é preciso soltar DOIS.

3 comentários:

Urbano disse...

Esse rapaiz reamente nunca foi drogado como umas pessoa estao disendo em joao camara. Queim conheceu ele sabi que nao. Mas pelo que eu sobe ele se invouveu com gente sem futuro r deu no que deu. por que queim procura boa companhias vai encontrar coizzas boa mais queim procura dar trella pra qyeim nao presta dar nisso ai. Eu sinto muito p q acomteceu e qq isso siva de alerta p muit jovem q sao imgenuo.

Anônimo disse...

Esses bandido nao pode ficar matando gente boa so pq pedirao uma coisa e nao receberao, ten que mofar na cadeia, essa familia ai ta ao pedaço e esses cabra safado tao por ai solto e vao fazer de novo com queim quisere. Esse bandido tem que ir pro chirindró urgente e mofar por muit anos la. Justiça é o que o povo de Joao Camara quer. Cidada de Joao Camara/Rn.

Anônimo disse...

Tudo isso é por causa de droga e por causa da impunidade que manda na nossa cdade hoje. O que as autoridade vao fazer?? NADA, COMO SEMPRE. No ano que vem tem eleicao de novo, vamo votar nos memo picaretas de sempre ou nos de antigamente. Em qual vamo votar?