24 de mar de 2012

DESTAQUES DO BLOG

O ADEUS A CHICO


O humorista Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho nasceu em 12 de abril de 1931, na cidade de Maranguape, no Ceará e faleceu nesta sexta-feira (23), aos 80 anos, por falência múltipla de órgãos. Chico Anysio estava internado desde o dia 22 de dezembro do ano passado, no CTI do Hospital Samaritano, Rio de Janeiro/RJ.

Para quem tanto fez rir, nenhuma homenagem poderia definir totalmente o que Chico Anysio representou para milhões de brasileiros e estrangeiros nestes anos em que conviveu com o anonimato inicial, a fama e o reconhecimento e, por fim, com a doença – que quase o tornava esquecido pela grande mídia, tão sedenta por “ibope”.

Fica aqui registrada esta singela homenagem do Blog de Poço Branco ao mais completo humorista do Brasil.

COMPORTAS DA BARRAGEM


Em rápida visita a rádio 105 FM, em Ceará Mirim/RN, a governadora do Estado, Rosalba Ciarline, concedeu entrevista ao jornalista Ciro Pedroza durante o programa que este apresenta naquele veículo. Durante 20 minutos, a governadora respondeu a perguntas dos ouvintes e falou sobre as obras que o governo está realizando e outros assuntos de interesse da região.

A governadora falou sobre um tema de interesse da comunidade poço-branquense: a recorrente quebra das comportas da Barragem de Poço Branco. Sobre o problema, que afeta vários municípios cortados pelo Rio Ceará Mirim, Rosalba reconheceu o risco e comprometeu-se a ajudar – mas não detalhou de que formas e em que prazo esse processo poderia ser iniciado.


A gravidade da situação havia sido denunciada pelo atual prefeito de Poço Branco, Maurício Menezes (foto acima), durante entrevista ao mesmo jornalista no início desta semana. Diferentemente de outros temas abordados na entrevista, a governadora não admitiu possuir algum relatório ou saber de maiores detalhes sobre a questão da Barragem de Poço Branco.

Polícia Federal precisou intervir para o DNOCS abrir as comportas em 17/02/2011
A barragem é propriedade do Governo Federal e foi o engenheiro do DNOCS, João Guilherme Neto, que revelou ao mesmo jornalista que o órgão federal tem meios para solucionar o problema. Segundo o engenheiro, só faltam os recursos que devem ser da ordem de, pelo menos, R$ 700 mil.

Reservatório quase secou totalmente em 2007
Enquanto a solução não chega, o bom senso diz que a população de Poço Branco só não deseja presenciar o esvaziamento do reservatório - que, em 2007, chegou a ficar em 7% de sua capacidade total (prejudicando dezenas de pescadores e ribeirinhos que dependem daquelas águas para sobreviver). A população também não deseja que, sem o funcionamento das comportas, outras populações possam correr riscos com inundações. A questão agora é esperar que o poder público seja rápido e eficaz – coisa que não foi em outras épocas, e não use o fato apenas como moeda eleitoral daquelas que nunca chega.

FESTA


Nenhum comentário: