25 de out de 2013

ÚLTIMAS DO BLOG

UM BREVE OLHAR

Setor dos legumes e verduras
Apesar da concorrência dos supermercados, mercadinhos, padarias e do comércio em geral, a feira livre de Poço Branco continua sendo uma boa opção de compra para a população do município. Em outros tempos, sem tanta concorrência e com uma população circulante bem inferior, a feira de Poço Branco foi o palco de muitas relações comerciais que perduraram por vários anos.

São muitas histórias a contar...

Setor de alimentação
Quem nunca esteve no picado de Luzia Justino, de Miguel Januário ou de Chiquinha dos Bolos? Quem não provou os sequilhos de Dona Damiana ou o suco com bolo de Luiz Faustino ou ainda a farinha dos Moças? Quem nunca ouviu o marketing de vendas de Todo Rico ou tomou uma no Bar de Seu Milton Salustino? Quem nunca precisou comprar ou consertar um relógio ou jóia com Seu Eráquio Alves? Quem não comprou carne a Sebastião Miguel, Nazareno Felipe, Gilberto de João Câmara, dentre outros?

Setor das carnes
Entre o tradicional e o moderno há muitas diferenças e muitas coincidências, todas impossíveis de enumerar em poucas linhas. Mas é certo que, atualmente, apenas uma pequena parte das atuais gerações de poço-branquenses viu e parece conhecer os feirantes contemporâneos. Essa relação não parece ser chic nas relações humanas atuais... Mesmo assim, a feira livre sobrevive bravamente por causa dos preços convidativos: este é o principal argumento para muitos conterrâneos esperarem pelo domingo para comprar “o grosso” da feira semanal.

A feira também é um ponto de encontro/reencontro das pessoas e possui um papel de interação social inestimável, apesar de ter involuído em outros aspectos – sobretudo em relação às condições higiênicas de alguns produtos perecíveis, o que não é muito diferente em outras. A economia do município também gira positivamente em função da feira, apesar da concorrência das feiras dos municípios vizinhos - como a de João Câmara, aos sábados.

Setor de aves e peixes
Num breve olhar sobre a feira de Poço Branco, o último domingo (20) mostrou boas vendas ainda por volta das 11h da manhã. Segundo o poço-branquense Rivaldo Fernandes (63), o fim da feira sempre traz a chance da pechincha. “Tem domingo que a feira se acaba logo e os vendedores baixam os preços, mas nem sempre é assim... Em dia de festa a feira é cara demais”, declarou o Sr. Rivaldo.

TEMPLO SERÁ REINAUGURADO


Após uma reforma de quase três anos, o novo templo da Assembleia de Deus de Poço Branco está prestes a receber novamente os seus fiéis. A previsão é reinaugurá-lo no primeiro final de semana de novembro com um culto de adoração pela graça alcançada. Parabéns a todos evangélicos da Assembleia de Deus de Poço Branco pela dedicação e conquista sobre as bençãos divinas.

MUDANÇAS A VISTA



Elas sairão mesmo é a prazo e não a vista, como muitos podem pensar. Tratam-se das mudanças no tabuleiro politico de Poço Branco: em 2008, ele foi um; em 2012, foi outro e, ao que tudo indica, não se repetirá em 2014 e 2016. Por enquanto, esperar é a única opção para quem está dentro e fora da cena, uma vez que tais mudanças acontecerão a prazo, mas estão todas aí: a nossa vista.

4 comentários:

Jorivan da PAZ disse...

Faltou aí ,,o kisuco com pão doce do velho zé cosme..o caldo de cana do SR manoel rosendo...épocas que não voltam mas...esso tudo era uma vitamnina para Ressaca depois de um boa festa....

Geraldim disse...

A historia mostra que um prefeito que tenta muitas vezes e nao se eleje quando ganha é um desastre por que tem muitas dividas e compromissos que ele nao consegue comprir nem em 8 anos. Por isso acho que tem qui aparecer novas opçoes pra o povo de Poço Branco. Nada de waldemar e so outro de novo. Tem que existir uma terceira opçao pra nós.

Marrommenos disse...

Sem Suélia no SDD ou no PROS o projeto do vereador edinho de ser o presidente da câmara deve ir por água abaixo. Como a vereadora ficou no PSD, ou ela vai votar contra o companheiro de partido, Kleber, ou vai desobedecer outra vez o partido. Segundo fofocas na cidade ela disse ao prefeito que deseja ficar na base de apoio dele. O prefeito fica com 9 vereadores a favor dele ou entao alguem se atreva a sair. Agora se Suélia tivesse saído do PSD ela estaria independente para votar em quem quisesse na eleição da câmara. Mas como ficou, esta nas mãos do PSD ou seja do prefeito. Que destino.

lizeu disse...

Quem tirou a vereadora do pareo foi o candidato derrotado tres vezes na cidade. Ele so nao queria suelia no PROS e nao conseguiu o Sdd porque ja tava prometido a presidencia para alguem ligado ao ex prefeito fenrnado candido.