27 de abr de 2013

A CHUVA...

...QUE RENOVA A VIDA E A ESPERANÇA


Final de tarde da sexta-feira (26) apresentou céu nublado
Em toda a cidade e nos distritos a felicidade dos munícipes é visível por causa das chuvas que caíram nos últimos dias na região. Há relatos de que, durante as primeiras chuvas, várias crianças, jovens e até idosos saíram de casa para tomar banho nas ruas e estradas num claro manifesto de agradecimento e felicidade pelo acontecido.


Avenida Manoel Rodrigues da Silva
E essa alegria tem sido mais presente na zona rural do município, onde moram pouco mais de 47% de sua população. A explicação é simples: a maioria da população rural depende diretamente da agricultura, pesca e pecuária para sobreviver – ao contrário da maioria da população urbana que conta com água distribuída pela Caern e possui outros meios de sobrevivência predominantes.

Um gavião pousou na terra arada e preparada para o plantio de milho e feijão
Enfim, o verde voltou a paisagem de Poço Branco e a felicidade está de volta aos rostos de muitos poço-branquenses. Mas, infelizmente, a seca não é o único problema: por todo município ainda existem muitos vazios sociais, insegurança, falta de oportunidade e iniciativas que não sairam do papel. Dar pra notar que muito já foi feito nos últimos anos, nada capaz de a tudo sanar num passe de mágica. Talvez o grande empercilho ao desenvolvimento de uma pequena cidade seja o moderno estilo de vida que exige muito e pouco oferece; talvez sejam outros... Pelo menos, a chuva parece renovar a vida e encher o coração do povo de muita esperança.

Nenhum comentário: