1 de jun de 2012

ESTÁDIO MUNICIPAL

OBRAS ACELERADAS


As obras do Estádio Municipal de Poço Branco estão chegando a sua fase de conclusão. Após a construção dos muros, da drenagem do campo de jogo e da instalação das torres de iluminação, agora foi a vez do gramado. O futuro Estádio Municipal de Poço Branco estar recebendo mais de 8 mil metros quadrados de grama do tipo “Esmeralda”. Segundo a equipe de montagem, esse tipo de grama é o mesmo utilizado em vários estádios de futebol do país – como o Mineirão (Belo Horizonte), o Barradão (Salvador) e o Pacaembu (São Paulo).


Esta é mais uma etapa vencida até a inauguração do estádio, programada para acontecer no próximo dia 26 de julho, data da emancipação política do município. Em breve, as arquibancadas e os vestiários estarão prontos e só restarão pequenos ajustes para a Prefeitura Municipal de Poço Branco entregar mais uma obra a população.

OPINIÃO


Para o desportista Luiz Antônio (30), o futuro estádio é um sonho que cada vez mais está se tornando realidade. Antônio disse ao Blog que esse será o grande presente para todos os desportistas filhos de Poço Branco, e também para as futuras gerações. E ainda lembra: “Eu já estava cansado de ouvir outros prefeitos dizerem que iam fazer esse estádio. Iam fazer hoje; depois só dava pra fazer no final do ano e, no final, nada de estádio... Era tudo enrolação... Toda semana eu passo por aqui e estou muito feliz em ver que agora vai...”.

Segundo o desportista Junior Caju (35), é visível a alegria estampada nos rostos de cada desportista poço-branquense ao ver que uma nova etapa do Estádio Municipal é concluída. Junior lembra que as pessoas passaram a acreditar que o estádio sairia do papel porque as promessas da atual administração são feitas e cumpridas no campo administrativo e não no político. Ele cita as obras do hospital e do estádio como duas realizações em que, anos atrás, quase ninguém acreditava que fosse possível tornar realidade. E diz: “Depois do estádio, o esporte de Poço Branco vai viver um novo tempo, pois ele não vai atender apenas ao futebol”.

Aos 21 anos, o jovem poço-branquense, Márcio da Silva, lembra que passou grande parte da sua vida praticando futebol nas ruas, em campos de terra batida, em quadras deterioradas pelo tempo e, nos últimos anos, no Ginásio Caxiadão. Ele relatou que seu pai, tios e alguns primos nem tiveram essa sorte: “Depois do Caxiadão até que melhorou, mas a gente sempre se perguntava por que Poço Branco não tinha o seu próprio estádio... Ninguém acreditava mais que isso seria possível porque esse assunto só era comentado de quatro em quatro ano e não passava de promessa de político... Hoje, estamos ansiosos pela inauguração do estádio e da quadra do conjunto e valeu a pena acreditar na palavra do prefeito. Agora, esperamos que sirvam a nossa juventude e que nunca sejam abandonados pelos prefeitos”.

Nenhum comentário: