10 de fev de 2012

PONTO POSITIVO

NOVO LIXÃO

Assembléia definiu a posição dos moradores do Surubim
A noite da terça-feira (07) teve um significado muito importante para toda população poço-branquense, especialmente para os moradores da sede do município. Em reunião que contou com a presença do prefeito Maurício Menezes e colaboradores, os moradores do Assentamento Surubim decidiram, em assembléia, acatar a sugestão da Prefeitura Municipal de Poço Branco e deram o aval para instalar o novo lixão (aterro) do município.

Por e-mail, o secretário Municipal de Obras e Infraestrutura, Francisco José (Gué Carneiro), informou ao Blog que essa decisão vinha sendo discutida com a comunidade há algum tempo e que, apesar de ser difícil, ela foi consensual e poderá resolver um grave problema para as prefeituras que administram grandes e pequenas cidades: coletar e destinar corretamente o lixo dos centros urbanos sem prejudicar quem mora próximo aos lixões.

O novo lixão deverá ficar a aproximadamente 3 km do assentamento e vem substituir definitivamente o antigo, instalado próximo ao Conjunto Novos Tempos e ao distrito de Acauã. Desde sua instalação, anos atrás, o antigo lixão foi mal localizado e tem sido alvo de reclamações da população dos arredores e de órgãos constituídos e sua desativação passou a ser prioridade da atual administração.


A intenção da prefeitura, segundo o secretário Francisco José, era resolver de uma vez por todas essa questão, sempre respeitando as leis e a opinião dos moradores. Num segundo momento, a intenção da prefeitura será transformar o antigo lixão num espaço de lazer para a população. Gué afirmou que estão sendo cogitadas outras idéias, mas, a princípio, a intenção mais próxima é a de transformar o antigo lixão em campos de futebol para as equipes da sede do município utilizarem em jogos amistosos e treinos.

Gué finalizou seu comentário dizendo: “É claro que ninguém quer morar perto de um lixão ou de uma penitenciária, mas essas duas coisas precisam existir. Daqui a alguns anos o lixão terá que sair do Surubim e ir para outra área, até por uma questão ambiental. Mais uma vez a prefeitura estar cumprindo a sua parte”.

17 comentários:

Edmar Oliveira disse...

Daniel voce sabe dizer aonda ta a pesquisa que outro blogue prometeu divulgar sobre a politica de poço branco, o que ouve que ate o nome da pequisa saiu desse blogue?

JUNIOR ALVES disse...

NA MINHA OPINIAU NADA QUE ESSE PREFEITO FAÇA VAI AGRADAR A OPOSICAO JAJA ELES VAO ARRANJAR UMA DESCULPA PRA DIZER QUE ESSE LIXAO NAO SERVE E NAO PRESTA. EH A POLITIKA SUJA DE SEMPRE

severino disse...

severino o maior lixo de poço branco quem vai resolver e o povo e povo dos gois

Jose Arimateia da Silva disse...

Lixão é um fator de doenças, de contaminação do solo e do lençol freático. Está em vigor a lei que instituiu a Política Nacional de Resíduo Solido, cuja primeira diretriz é proteção da saude publica e qualidade do meio ambiente.

Moises disse...

A saida é um aterro sanitario?? mais quanto custa um negocio desses?? vejam que nem a capital do estado teve condiçãode manter um aterro e ta fazendo o trtamento do lixo junto com outras cidade da regiao. Aterro é uma coisa boa, mais muito cara de manter. Que seja dado um passo de cada vez, parabens ao prefeito de poço branco mais uma vez fez o que é melhor possivel para a cidade.

J.Cassimiro disse...

A Lei 12.305 de 02 de Agosto de 2010, que é uma Lei das mais avançadas do mundo, é clara: NÃO SE PERMITE MAIS LIXÕES A CÉU ABERTO NO BRASIL. O prazo para aplicabilidade desta Lei é 03 de Agosto de 2014. A média brasileira "per capita" de produção de lixo é de 800gramas/dia. Em Poço Branco, essa média é de 1.400gramas/dia e isso é muito grave. O cidadão-gestor nada mais fez do que começar a cumprir a Lei - Nova Lei dos Resíduos Sólidos - que determina que deve-se "incentivar a reciclagem e determinar o que fazer com o lixo remanescente." E eu pergunto: o que está se fazendo com referência a reciclagem de lixo em Poço Branco? Foi feito o RIMA/EIA da região que vai receber os resíduos sólidos? A população do Surubim sabe os riscos que corre aceitando tal "negócio da China" nas suas proximidades? A Agenda 21 de Poço Branco vem se preocupando com esse tema já algum tempo (antes mesmo da Nova Lei) e não vê como uma solução tão rápida seja a salvação da Pátria. O assunto requer tempo e adaptação e isso me parece muito precipitado, da maneira que está acontecendo, inclusive já entramos em contato com a COPEGAM - Comissão Permanente de Gestão Ambiental, do TJRN, para obter informações mais detalhadas da Nova Lei e sua aplicabilidade, de modo especial no nosso município.
Saudações!
J. Cassimiro

Anônimo disse...

Moises, concordo com oque você argumentou... Aterro sanitário é uma coisa muito cara de se manter. Mas vejamos uma coisa, ótima iniciativa de se retirar o lixão de uma área urbanizada, mas vejamos o seguinte também. Assim como o José Arimateia citou acima, isso é um tipo de atividade que agride não só a saúde humana, e sim vários outros fatores, como foi citado a poluição do lençol freático, além de poluição atmosférica, uma vez que o lixo ali depositado produz alguns tipos de gazes. Deixando de enrrolar... O que quero dizer é que pra se fazer algo desse tipo é necessário um estudo, e o que foi feito foi apenas mudar o problema de lugar. E o ambiente continua sendo agredido, e onde moramos? Todos habitamos esse ambiente. Então não adianta apenas trocar o problema de local. Mas não significa que a decisão não foi errada, significa que algo está mudando, mas ainda precisa ser feito muita coisa. E o aterro sanitário não é a única solução, também existem aterros controlados, que não diferem muito dos lixões a céu aberto mas certamente é bem melhor que os tradicionais lixões.

mateus cavalcanti disse...

Caro amigos
Essa solucao não foi a mais correta pro lixo de poco branco e nem foi um negocio da china como tirou onda uma pessoa que comentou aqui. Acho que foi um começo do fim desse problema e ninguem pode dizer que não foi uma boa ideia. Pelo que andei sabendo já faz mais de 10 anos que esse lixão existe e hoje tem gente falando mal, mais na época quando eram prefeito não moveram uma palha pra resolver a questão e o povo da região já reclamava do lixão já naquele tempo. Como é que pode isso????
Eu sei que existe leis e o brasil é campeão em leis porque o governo faz as leis mais não incentiva e nem ajuda os município a cumprir. De que adianta obrigar senão vem recurso de nada???? o governo manda uma verba pra uma cidade e ainda desconta imposto na mesma verba ouseja ele dar um valor e pega uma parte de volta, que diabo é isso???.
Se o povo de poco branco produz muito lixo a culpa não pode ser dos prefeito e sim do povo que não tem educacao ambiental, e que so vai vencer essa questão aos pouco. A população do Surubim não sabe de todo os risco que corre aceitando o lixão e nem adianta tentar dizer. nenhum de nóis sabe todos os risco que tem na vida naum. A gente não sabi nem se a agua mineral que a gente toma é mineral mesmo, quem garante? Tinha que tirar o lixão da rua e so podia colocar no município ou será que joao câmara ou taipu ia aceitar recebr o lixo da qui???
Não tem nada de salvação da Pátria naum. O que tem é acao e não apenas falação e colocar defeito em tudo. O prefeito de poço branco ta agindo como nenhum outro nunca ajiu e isso incomoda os inimigo politico dele por que esse ano tem eleição e também quem não gosta dele. Mais volto a dizer que esse pobrema anida não foi resolvido naum e ainda falta mais coisa a fazer e a prefeitura tem que cuidar também da saúde educacao laser agriculrura funcionário pagar a quem deve e outra coisa mais.
Se não quer elojiar é melhor nem comentar porque uma hora todo mundo vai achar feio essa pessoas que so comenta nos blogue pra meter o pau e nunca pra fazer um elogios do que pe feito pra melhorar alguma coiza.

murilo de araujo disse...

Prof cassimiro o senhor entende muito dese assunto mais com todo respeito que tenho pelo senhor peço que faça o comentario com respeito aos envolvidos e nao desdenhando e tirando onda como dissertaum aqui. é só oq lhe peço pra naum ficar um comentario sem razao e so com emocao. sds

Anônimo disse...

ESSE PREFETO TEM TRABALHADO MUITO NA MINHA CIDADE MAIS NAO GOSTEI DE ALGUMAS COISA QUE ELE FEZ E NAO VOU VOTAR BELE, É SO POR ISSO MAIS DIGO TEMBEM QUE NESSE OTRO CANIDATO EU TEMBEM NOA VOTO MERMO.
MANEL DA LADERA

aluno do ze disse...

Vai dar aula cassimiro

Anônimo disse...

Caros Mateus Cavalcanti e Murilo de Araújo, não "tirei onda" e nem desdenhei!!! O assunto é muito sério para tais enunciados: isso foram vcs que assim interpretarm. Também não usei a emoção e sim a razão: quando disse que era "um negócio da China" me referia a algo que ninguém quer. Também não sou inimigo político do cidadão-gestor,até votei nele, apenas discordo de coisas erradas, como a questão da Biblioteca, como o sumiço dos eqipamentos da Fundação Roberto Marinho, como o descaso para com o nosso povo, etc...Com referência ao lixo, a minha preocupação vem desde o tempo do Governo de José Carneiro, quando fizemos um diagnóstico dessa questão em Poço Branco, em conjunto com a UEL - Universidade Estadual de Londrina, através do Programa "Universidade Solidária" e fizemos o controle do lixo hospitalar, depositando-o em local seguro e correto, dentro da legislação que vigorava á época. Até elogio a atitude do cidadão gestor, mas o que disse foi que, se não existisse a Lei Federal 12.305/2010, ele não teria feito o que fez, mas, de qualquer maneira, agradeço o comentário de vcs.
Saudações!
J. Cassimiro

JUNIOR ALVES disse...

COMO TUDO NA VIDA CHEGA UMA HORA QUE A GENTE TEM DE ESCOLHER. EU NUNCA CONCORDEI COM ALGUMA COISAS QUE ESSE PREFEITO FEZ, MAS PELO MENUS ELE FEZ, ENQUANTO OUTROS QUE QUEREM SER SANTINHO HOJE FIZERO POUCO DEMAIS. ACHO QUE SE ELE NAO FOSSE TAO AFOBADO ERA QUASE UM POLITICO PERFEITO. ACHO QUE MUITOS POLITICOS DAQUI HPJE TAO MUITO ARREPENDIDO DE TER FEITO POUCO DEMAIS E DE NAO TER O QUE DIZER EM COMPARACAO AO QUE VEMOS QUE AÍ HOJE. ACHO QUE ESSE GESTOR DE HOJE TBEM NAO DIVULGA MUITO O QUE FAIZ MAIS SO BASTA AGENTE ANDAR E LEMBRAR DO PASSADO PRA VER A DIFERNÇA. ESSA EH MINHA OPINIAO.

Anônimo disse...

Tomara que façam o lixao logo que pra botar os gois tudos dentro

Anônimo disse...

O que percebe-se aqui nessa RICO debate é que existem muitos BABÕES, PUXA SACOS DO PREFEITO, que só querem da valor a política rabugenta e hipócrita que predomina em nosso país. Portanto, um assunto como esse não deve ser levado em conta apenas como bom feitio político, e sim como uma necessidade urgente e necessária para todos nós. Isso não é questão politica, mas sim de saúde pública. Pena que ainda existem pessoas que lhe dão como um assunto tão sério como esse como um simples fato politicario. As vezes é preciso ser estupido como vou ser agora: ESTUDEM PESSOAL!!!! Não se deixem levar por uma politica cega que alienia a mente de quem não tem conhecimento.

Nelson Nacimento disse...

Eu queria que todas as coisas mais avancadas do mundo existisse em PB mais a gente tem que entender que nao eh so uma questao de querer. Vamos aprender a axreditar que eh possivel melhorar muitas coisas e nos jovens vemo que muitas mudari pra melhor nos ultimo anos.

Eu quero diser tambeim que nao adianta essa ciumeira toda aqui nesse blogue. Se tem muito babao do prefeito aqui puxando o saco dele quero dizer que tambem tem muito puxa saco do candidato da oposicao.

É elas por elas e naum vejo nada de anormau nisto.

DERLEY disse...

E EU ATE JA QUIZ CONTAR MAIS NAO COMSEGUIR CONTAR SI TEM MAS BABAO DO PREFEITO OU PUCHA SACO DOS GOIS. É OS SUJO FLANDO DOS MAU LAVADOS.