5 de dez de 2010

ESPORTE

FUTEBOL E OPORTUNIDADE

Neste domingo (05/12) tem prosseguimento o Campeonato de Futsal Masculino (Sub-13 e Sub-15), o desafio entre Poço Branco e Taipu, com a realização da 2ª rodada do certame. Os jogos acontecerão nas dependências do Ginásio Caxiadão, em Poço Branco, a partir das 8h da manhã. A organização do certame é das Coordenações de Esportes de Poço Branco e Taipu e conta com o apoio das prefeituras dos dois municípios.

Estão participando do campeonato seis equipes de cada cidade. Os representantes de Poço Branco são duas equipes do Projeto “Bom de Bola, Bom na Escola” - BBBE (do técnico Geromilton Oliveira), duas do América (do Professor Cristovam Marques) e duas do Flamengo da Rua Santa Luzia (do técnico Alexandro).


O BBBE (foto acima) é um projeto idealizado pela Coordenação de Esportes de Poço Branco e tem a finalidade de incluir crianças e adolescentes mais carentes do município em competições e demais atividades sociais e desportivas realizadas na região. É uma oportunidade de incentivar os jovens atletas a conciliar as atividades escolares com as desportivas, já que o projeto exige uma frequência escolar mínima para a participação. O projeto ainda possui um alcance limitado no município, mas já é considerado uma importante iniciativa para afastar crianças e jovens de atividades indesejadas socialmente – como a proximidade com entorpecentes.

Durante esta e outras competições, a Coordenação de Esportes de Poço Branco pretende levar “olheiros” e professores de escolas particulares da região e, sobretudo, da capital do estado, para observar alguns jogos. O objetivo é dar a oportunidade da descoberta de um novo talento do futsal e poder agraciar alguns alunos atletas com uma bolsa estudantil. Segundo a coordenação do evento este é apenas o primeiro passo de tudo e todos os anos tem sido possível conseguir bolsas.

Neste ano, por exemplo, existem nove bolsas integrais disponíveis para os alunos atletas revelados na competição em curso: cinco delas no município de João Câmara e outras quatro na cidade de Natal. Estas bolsas são o resultado do esforço e da intenção da Coordenação de Esportes de Poço Branco em dar melhores oportunidades aos estudantes poçobranquenses, especialmente aos mais carentes – que em tempo algum tiveram tamanha chance.

O maior obstáculo destes alunos sempre tem sido conseguir se fixar na cidade onde deverão estudar. As dificuldades vão desde a ausência de condições das famílias até a dificuldade de adaptação a uma nova realidade de vida - uma vez que estes são, em geral, muito jovens.

Para o desportista Junior Caju, “todos os alunos atletas do projeto BBBE são muito carentes, mas têm a esperança de uma oportunidade de melhorar de vida e ajudar seus familiares. O que vemos nestas crianças é uma mistura de ingenuidade, de descrença e, apesar dos avanços conseguidos, não é fácil incentivá-los a continuar estudando, pois a maioria deles não acredita que a educação possa mudar as suas vidas. Por isso acreditamos e esperamos que o esporte seja uma maneira de mostrar que isso não é verdade. Não é fácil, mas temos que encontrar uma maneira de mudar esta realidade que não envolve apenas o esporte. Precisamos unir as mãos de todas as pessoas de bem de nosso município e dar a esta geração a oportunidade que outras nunca tiveram”.

Mais informações no Blog do Esporte de Poço Branco.

Um comentário:

CLAUDIO DE IGAPÓ disse...

SO NAO KER O MELHOR PARA POCO BRANCO QUEN FOR MUITO HEGOISTA E MESKINHO.. QUE DEUS AJUDE A JUNIOR CAJU E OUTRA PESSOAS QUE SO PROCURAM MELHORAR A CIDADE MESMO SEM TER O APOIU QUI MERECIEM. PARABEMS