23 de nov de 2010

FIM DE SEMANA

OUTRO CRIME EM POÇO BRANCO

Por volta das 22h, do domingo (21/11), aconteceu mais um crime bárbaro em Poço Branco. Desta vez, um adolescente de 16 anos, ainda não identificado e morador da Rua 15 de Novembro, próximo ao Cemitério Municipal, foi executado com cerca de oito tiros de pistola. Segundo informações iniciais, a vítima e alguns jovens estavam conversando na rua quando foram surpreendidos pela chegada repentina de um veículo Gol, de placas ainda não identificadas, conduzindo três elementos. Sem dar chance de defesa, os criminosos dispararam e executaram a vítima que ainda chegou a ser socorrida para a Maternidade Virgínia de Carvalho, aonde chegou sem vida. O corpo da vítima foi encaminhado ao ITEP/RN, para a Perícia Técnica, e liberado para sepultamento, realizado ontem (22/11), às 17h, no Cemitério Municipal de Poço Branco. Durante o enterro, o clima foi de muita revolta entre os familiares e amigos da vítima que não souberam precisar o motivo da sua morte.

NOTA DO BLOG: Este caso é mais um que prova que a cidade ordeira, pacata e tranquila para viver (e visitar) não existe mais. Poço Branco é outro município brasileiro onde o medo e a insegurança já fazem parte do cotidiano das pessoas, em especial dos seus comerciantes. Lá, já se sabe que as ações sociais e de segurança pública são completamente ineficazes. Há algum tempo o efetivo policial é irrisório (para não dizer, inexistente) e as investigações policiais são concentradas na vizinha cidade de João Câmara/RN. Mas só isso não resume totalmente a questão: esse caso tem todas características de uma execução motivada por dívidas contraídas com traficantes de drogas, mas talvez tenha ocorrido por motivos menores. Atualmente, está cada vez mais claro que apostar apenas na ação de uma polícia desaparelhada, sem contingente e de estrutura deficitária não dar. É preciso a ação de todas as esferas públicas, interagindo em prol da diminuição destes alarmantes índices de violência que só tendem a crescer. Existem muitas formas de se combater a criminalidade que vão desde ações policiais, judiciais, educacionais, desportivas até incentivos culturais. É triste admitir, mas é verdade: parte de nossa juventude já entrou na dominância do álcool e, sobretudo, das drogas. Há muito tempo a situação é quase irreversível para eles. Mas seria justo deixar que as próximas gerações de cidadãos poçobranquenses corram o mesmo risco? Certamente que não!

COPA SÊNIOR - FINAL

No último sábado (20/11) foi conhecido o campeão e vice-campeão da I Copa União de Futebol Sênior. Em campo, o Nova Esperança (Acauã) sagrou-se campeão ao vencer a equipe do Cruzeiro (Pousa) pelo placar de “2 a 1”. Os gols da partida foram marcados por Ronaldo Trajano e Azeitona (Nova Esperança) e Zé Nilson (Cruzeiro). Ao final da partida, foram entregues as premiações, troféus e medalhas aos vencedores da competição:

Nova Esperança da Acauã
Cruzeiro da Pouza
Campeão: Nova Esperança da Acauã (R$ 1.000,00);
Vice-Campeão: Cruzeiro da Pouza (R$ 500,00);
3º Colocado: Bahia FC (R$ 300,00).

A competição teve o patrocínio da Prefeitura Municipal de Poço Branco e a idealização e organização por conta da Coordenação Municipal de Esportes. Mais informações e fotos no Blog do Esporte de Poço Branco.

NOTÍCIAS DA SECRETARIA DE SAÚDE

Sempre pensando em levar ao povo de Poço Branco um melhor atendimento em saúde, a equipe do PSF I tem procurado atender o desejo do prefeito em alcançar metas pré-estabelecidas. No último dia 10/11, a enfermeira Nádia Rodrigues realizou uma palestra sobre a Tuberculose, no Centro de Múltiplo Uso, dando vários esclarecimentos importantes sobre a doença: suas formas de contágio, prevenção e tratamento. Na data de ontem (22/11), a mesma equipe realizou, no mesmo local, uma estratégia em favor dos Hipertensos e Diabéticos. Estiveram presentes um profissional médico, uma enfermeira e uma nutricionista, além de Agentes Comunitários de Saúde.

Algumas vezes, tem-se ouvido críticas de que “nada se faz em favor do povo de Poço Branco”, mas a realidade é bem diferente. Hoje, é preciso mais reponsabilidade antes de criticar sem saber o que é feito e o que não pode ser destruído. Muito já foi realizado em favor da saúde de Poço Branco, mas o caminho ainda é longo. Foram anos de “abandono e de maquiagens” para enganar a opinião pública de Poço Branco, mas, agora, o grande detalhe é que a atual administração tem a preocupação maior de fazer e não, como antes, a de apenas mostrar.

Com informações da SMS de Poço Branco – Claudionor Cirilo.

4 comentários:

Laeson disse...

Caríssimo Daniel, seu comentário a respeito dos jovens que se envolvem com drogas no nosso município é muito pertinente. É uma realidade que só não vê quem não quer. Mas, um dos motivos que eu acredito ser principal é o tempo desocupado destes jovens e adolescentes. Cadê o esporte na nossa comunidade, além do Futebol ? Cadê as oficinas profissionalizantes? Cadê as oficinas culturais? Então, como é que queremos trans formar a nossa realidade ? Se alguém tenta fazer algo ou reivindicar alguma coisa, é logo posta de lado. Por isso é só esperar que algum dia alguém lembre que MENTE VAZIA É MORADA DE ..........., e que algo precisa ser feito para se mudar esse quadro. Continuando, quero aqui parabenizar a Sec de Saúde pelo trabalho feito e pedir que da próxima vez anuncie para que a comunidade tome conhecimento

Anônimo disse...

Espero que as autoridade de poço branco tome as providemcia mas cedo possiveu senao as coisa vao ficar pior pq tem gente q deveria ser da lei mas é quem leva droga pra poço branco, amanha a vitima pode ser seu filho ou filha. E aí?

Robson Negão disse...

Caro amigo Daniel, infelizmente diante das últimas ocorrências sou obrigado a dizer que hoje vivemos essa situação graças à inércia dos órgãos competentes nos níveis estadual e municipal, segurança pública se faz com ações, acima de tudo com vontade de fazer e o que temos ouvido ultimamente são apenas promessas e frases compondo belos discursos.
Esta claro que o estado não tem condições de atender as demandas dos municípios na área de segurança, cabe agora aos municípios (prefeitos) o dever de se preparar e enfrentar seus problemas nesta área, ou pelo contrario teremos que nos acostumar com a dura realidade de viver em uma cidade sitiada pelo trafico e suas mazelas.
Há meu ver, no momento em que essa questão for enfrentada com verdadeira vontade sem ficarmos na dependência do estado e fizermos como a maioria de alguns municípios está fazendo conseguiremos nos contra por, pata isso repito, precisamos nos preparar com inteligência de forma preventiva e repressiva, mostrando que segurança pública se faz com o apoio de toda a sociedade.

mauro tavares disse...

O MEDO DE ENFREMTAR O POBLEMA É O MAIOR DIFUCULDADE E ATE AS AUTORIDADE TEM MEDO DE ENCARAR O TRAFEGO DE DROGAS E NINGUEM FAZ NADA PARA MUDA ISSO SO UM HOMI DE VERDADI. QIEM SERA ESSE ??