31 de jan de 2013

ESPAÇO DO LEITOR

OPINIÃO

Enquanto a tecnologia e a liberdade de expressão estão presentes em quase todas as atitudes, necessidades e comportamentos humanos o ato de opinar ainda não chegou a um patamar evolutivo desejável - não em Poço Branco. Já foi muito pior um dia, é claro, mas apesar da abertura democrática, dos direitos humanos e das chamadas redes sociais as pessoas ainda têm muito receio de expressar suas opiniões de forma pública. A maioria delas, especialmente as mais jovens, não evoluiu o suficiente neste sentido. Ainda não...

Sobre o Carnaval de Poço Branco, o tema do momento no município, alguns leitores convidados pelo Blog não se renderam a essa “quase regra”. Corajosamente, eles expressaram suas opiniões. Confira.

FÁTIMA LIMA

Agora, para o nosso Carnaval ter o sucesso que sempre teve não podemos apenas esperar pelo puder público. Precisamos nos mobilizar: vamos povão, comerciantes, promotores de eventos, clubes e blocos. Vamos fazer o Carnaval acontecer. Não podemos deixar mais uma festa tradicional da nossa cidade enfraquecer e cair no esquecimento. Essa é a meta.

Para mim quem mais vai perder nesta situação são os pequenos comerciantes que estavam contando com esse dinheiro extra, seja com a venda de quitutes ou bebidas, roupas, jóias até a prestação de serviços. E os nossos jovens serão igualmente afetados, pois lhes será tirado uma das poucas formas de lazer que ainda possuem.

Não me venham com essa história de seca, estiagem ou algo parecido porque essas coisas sempre existiram e não me lembro de quando atrapalharam um Carnaval. Lembro que nesses anos todos os governos nunca apareceram com alguma ajuda que mudasse a realidade da seca. Por que Poço Branco não pode ter o seu Carnaval na rua? Por que uma festa popular, para o povão, não pode? Deixem de perseguição, pois as eleições para Governador estão chegando. Olho nisso.

ALLYSON OLIVEIRA

Estou muito animado para esse Carnaval e, se Deus quiser, o Carnaval de Contador será o melhor da região, pois lá os foliões não vão abandonar a  nossa terra. Convido a todos para prestigiar o Carnaval que é nosso, que é da gente, de todos que amam essa terra.

As melhores atrações de shows da região estarão no Contador. O nosso Carnaval vai entrar pra história de Poço Branco, mostrando a força da galera jovem de Contador e dos distritos vizinhos.

ZÊNIA RODRIGUES

Para o nosso Carnaval não perder tanto sem a ajuda da Prefeitura, a solução é a união dos blocos em um único objetivo: não deixar a tradição cair; ir às ruas com o que tem; concentrar-se nas ruas e brincar como se existisse o som de uma banda boa. Afinal, quem faz a festa não é o som e sim as pessoas.

Sem o Carnaval em via pública quem mais perde são todas as pessoas que aguardavam o ano inteiro pelo Carnaval para ganhar seu “dinheirinho” com dignidade; os comerciantes e o poder público também perdem, pois esse tipo de evento valoriza muito o comércio local e também uma administração pública.

Quanto a seca ser motivo para não haver o Carnaval de rua, eu discordo. Se a seca nos afetasse tanto, os outros governos mandariam verbas e tomariam outras providências que ainda não vimos por aqui. Apenas proibir não é solução. Carnaval sim!

Nenhum comentário: