19 de nov de 2012

ENTREVISTA

ARTISTA DA TERRA

Nicarlos França
Aos 28 anos, o poço-branquense Nicarlos Fontes de França é mais um exemplo de superação e de que o talento individual ainda é uma forma de encontrar novos horizontes na vida de qualquer um. Nascido em Poço Branco, o jovem Nicarlos é filho do casal Francisco de França (Titico) e Rosa Maria de Pontes, residentes no Conjunto Novos Tempos, e vem recebendo o justo reconhecimento pelo seu talento musical.

Nicarlos deu seus primeiros passos artísticos no coral e banda da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, ainda nos anos 90, e lembra com orgulho aquela época. De lá para cá, o jovem poço-branquense precisou pular esta etapa e caminhar rumo a outros desafios. Hoje, está inserido num concorrido elenco de músicos profissionais na área do forró, com destacada atuação como sanfoneiro. Sua atual banda acaba de lançar o quinto trabalho.

"A estrada é a minha casa", afirma Nicarlos
Ao Blog, Nicarlos afirmou que já fez parte de bandas como Terríveis, Destaque e Garanhões do Forró e que nesse meio tempo precisou partir em direção a outros desafios e objetivos profissionais. “Como todo bom profissional reconhecido sempre tive boas propostas de trabalho. Às vezes, precisamos decidir o nosso rumo tomando decisões que nem sempre agradam a todos, mas a vida é assim mesmo... Nesses casos, procuro sempre uma luz divina para me ajudar a decidir o que devo fazer”, acrescenta o jovem talento.

Show em Pedra Grande-RN
Mesmo depois do sucesso e do reconhecimento, Nicarlos confessa que ainda tem um sonho de infância a realizar: ver uma banda de Poço Branco despontar para o cenário estadual (ou quem sabe nacional) da música. “Espero que todos, especialmente as autoridades locais, vejam com bons olhos os nossos músicos. Tenho certeza que em nossa cidade há talentos de sobra que só precisam de um empurrãozinho para brilhar. Essa é uma forma de poder ajudar as famílias e a cidade como um todo também. Acredito que um projeto de formação de uma banda, com parceria de comerciantes e empresários locais, é uma grande idéia. Vemos isso em tantos lugares pequenos por aí. Por que não aqui?”.


Apesar das dificuldades da profissão, Nicarlos garante que tudo é recompensador para um jovem que saiu de um lugar com pouca tradição musical. E diz: “A saudade de casa é o maior problema. Sempre que vou a Poço Branco o tempo é curto demais e não dar pra ver todo mundo como eu queria. Hoje vivo como um cigano, de cidade em cidade, estado em estado. São dias e noites na estrada. Hoje, moro em Recife-PE, mas não sei onde a música pode me levar amanhã. Agradeço a Deus, todos os dias, por tudo que tenho e por ter realizado o sonho de entrar em estúdio profissional e gravar um CD”.

Aos jovens conterrâneos da minha terra e a todos os meus amigos e amigas digo que jamais desistam de seus sonhos. Sinto muito por não ter tido a chance que eu queria na minha cidade natal, mas isso nunca me desestimulou de continuar lutando. Deixo o meu abraço a todos meus conterrâneos e agradeço ao Blog pela oportunidade.

Nicarlos França é Sanfoneiro da Banda Forrozão Chacal

3 comentários:

José honorio (conjunto) disse...

O Cara e Bom mesmo no que faz ,e que em poç obranco a turma nao dar valor aquem eh daqui nsao ,so preferem os de fora ,,vc tira pela a eleição .os candidatos A prefeito todos de fora, oVereador Kleber ,,,nunca participa de nada aqui nem mesmo de um aniversario ,so vem aqui nas secção e de 4 em 4 ano ..mas no dia da eleiçao... vence... o povo e quem paga o pato,,,PARABENS NICARLOS ..Aqui em poço branco a turma do poder so pensam neles mesmo....

Anônimo disse...

Parabéns!Nicarlos pela sua coragen de corre atraz do seu sonho.Que Deus ti abençoi.Sucesso!!!

Reis disse...

Esse é um cidadão legítimo que lutou com as propias forças para chegar aonde estar. parabéns a Nicarlos e a todos que têm as próprias pernas para andar. só tenho pena do povo mais pobre de poço branco que não sabe votar e erra ao elejer gente sem compromisso com o povo. é por isso que a cidade não sai do canto