5 de abr de 2011

NOTÍCIAS DA COMUNIDADE

SÉRGIO FREITAS PARA PREFEITO?

“Pode parecer surpresa para alguns, mas bem que poderia ser verdade”.

No próximo ano haverá eleições para prefeito em todos os municípios brasileiros e, em Poço Branco, há algum tempo foram lançados alguns nomes. Enquanto a maioria dos políticos e lideranças espera o passar do tempo para definir a que cargo concorrerá, algumas boas opções para o eleitorado poçobranquense vão, pouco a pouco, ficando pelo caminho – destronados, mais uma vez, pela velha prática política do “farinha pouca, meu pirão primeiro”.

Como em quase toda cidade brasileira, o clima pré-eleitoral já começou pra valer em Poço Branco. Ainda que timidamente começam a se desenhar quem serão os candidatos a prefeito, a vice, a vereador ou quem não disputará as eleições de 2012 - por decisão própria ou por impedimento. De certo, têm-se apenas dois nomes, tidos como “intocáveis” na disputa de 2012. Esta é uma possibilidade que só não se concretizará por motivos extremos ou inesperados.

Contudo, em política, as manobras e os alinhamentos nunca podem ser totalmente descartados. Assim, jamais devemos desprezar o surgimento de terceiras ou quartas opções. Elas podem surgir como a somatória do “novo” com o “antigo”, do “arcaico” com o “moderno” ou ainda o que pode prevalecer é a lei da “antiguidade como posto”. Não dar para prever nada, ainda mais quando todas as expectativas parecem girar em torno da escolha dos candidatos a vice-prefeito; ainda mais quando esta escolha é o que pode ser determinante no resultado das eleições de 2012.

O interessante no cenário das futuras escolhas (seja para 2012 ou mais adiante) é sua semelhança com episódios ocorridos em regimes de governo ditatoriais - como Cuba, Iraque, Líbia e Síria. Pelo amor de Deus: não confundam este raciocínio com a existência de massacres, torturas e crimes contra a vida de civis e militares. Não é isso! A semelhança se dar no plano das “escolhas” feitas a partir das convenções partidárias: nada mais do que “panelinhas”.

As panelinhas é que irão decidir os reais candidatos e poderão usar dos mais diversos expedientes políticos para este fim. Senão vejamos: convenções partidárias sobrepõem sobrenomes (e dinheiro) a um currículo de vida pautado pela ética, moral e pelos bons costumes. Neste mundo político e partidário, os candidatos são escolhidos não pelo bem que podem fazer para uma sociedade. O que geralmente prevalece é “o conforto” que podem proporcionar à classe política dominante. Mas isso não significa que todos os escolhidos em convenções partidárias não tenham alguma qualidade.

Não fossem os acordões e os interesses individuais seria fácil apontar um nome de consenso. Neste sentido, o currículo do professor Sérgio Freitas nos parece invejável, pois sua conduta como cidadão atuante o credencia fortemente a qualquer pleito. Seja por está ligado a educação, ao lazer e ao desporto de algumas gerações de jovens do município (lembrados apenas na época de eleições); por ter popularidade e carisma que muitos não têm; por ser sempre lembrado em pesquisas de períodos pré-eleitorais; por ter um DNA de político; por outras qualidades e porque não é de hoje que Sérgio Freitas é uma unanimidade neste assunto. Entretanto, ele ainda não demonstrou interesse em enfrentar estes desafios - digam-se, as convenções e as eleições. Ainda não!

Antes que surjam quaisquer comentários neste sentido, o objetivo deste texto não é lançar o nome de Sérgio Freitas na cena política local. Afinal, essa é uma decisão puramente pessoal e também um direito que qualquer cidadão poderá galgar. A nossa intenção é mostrar que, por mais que haja resistência, a política moderna é uma ciência dinâmica que necessita de renovação a todo tempo e lugar. Esta é, sem dúvida, a parte boa da política. Nela, não há mais espaço para coronelismos e mandatos vitalícios. O que há é um momento muito propício aos jovens políticos – o que não lhes garante vencer uma eleição.

Mesmo enfrentando a fúria das velhas raposas, os novos nomes darão à população a chance do recomeço e da mudança. Infelizmente, sempre haverá o risco de novos políticos se tornarem outros fiascos. Mas o que ninguém jamais tirará é o ato nobre de tentar mudar para melhor. Então que apareçam outros Sérgio Freitas. Poço Branco só agradece.

FESTAS EM POÇO BRANCO



 
CONSELHO TUTELAR

Após reunião do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e do Ministério Público de Poço Branco, foi publicado um novo edital para a eleição dos Conselheiros Tutelares do município. As inscrições foram reabertas hoje (05/04) e se encerrarão na sexta-feira (08/04), no horário das 8h às 13h.

As inscrições estão sendo realizadas na Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social (SEMTHAS) que funciona no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), na Rua Eng. José Batista do Rêgo Pereira, nº 420, Centro, Poço Branco/RN. Os interessados em concorrer devem procurar:

Nara Luiza Bezerra de Medeiros - Presidente do COMDICA
Francisco José Roque da Silva (Tico Zé) - Vice-presidente do COMDICA
Maria Gorette Gabriel Soares - Secretária Executiva

Clique nas palavras abaixo para fazer o download e imprimir os seguintes documentos:

2 comentários:

Mallassombrado disse...

SÉRGIO FREITAS: Pense num cara honesto. Nesse eu votaria não precisava nem de campanha. Mas é uma pena que [acredito eu] ele não tenha interesse em ser candidato, haja vista a sujeira que há na política e que ele deve conhecer bem de perto, pois convive com um monte de cobra na câmara há muito tempo. Mas que o cara é correto, isso ele é.

Cleando Cortez disse...

Por favor, se possível, divulgue no blog
o 16º Campeonato Interiorano de Xadrez

http://xadrezclube.blogspot.com/2011/04/16-interiorano-de-xadrez.html

Obrigado!